7 exemplos que comprovam que mulheres sabem lidar com dinheiro

7-exemplos-mulheres-poderosas

Em um mundo em que as mulheres têm buscado cada dia mais conquistar espaço no mercado, muitos nomes femininos se destacam em grandes corporações. Se pararmos para pensar na história, vamos perceber que ter mulheres ocupando altos cargos de corporações e realizando o controle financeiro em grandes fortunas é uma vitória muito recente.

As mulheres brasileiras só conseguiram o direito de estudar no ensino superior em 1879. Em 1932, elas conquistam o direito ao voto no Brasil. Eunice Michilles foi a primeira mulher a chegar ao senado em 1979. E só em 2006 a Lei Maria da Penha entra em vigor tornando mais rigorosas as punições às agressões contra a mulher.

Mesmo com uma história tão recente de reconhecimento, muitas mulheres já conquistaram cadeiras de destaque nas organizações. Vamos conhecer agora 7 mulheres verdadeiramente poderosas no mundo dos negócios em que você pode se inspirar!

1. Janet Yellen

Janet Louise Yellen, nascida em Nova York em agosto de 1946, é economista e professora. Em 2013, foi indicada pelo presidente dos EUA da época, Barack Obama, para ser a primeira mulher a presidir o Federal Reserve Board (FED), uma espécie de Banco Central norte-americano. Sucessora de Ben Bernanke, Janet assumiu seu cargo no dia 1º de fevereiro de 2014.

2. Mary Barra

Mary Barra é Presidente e CEO da General Motors Company. Sucessora de Dan Akerson na cadeira da presidência, Mary trabalha na empresa desde os 18 anos. O salário que ganhava ainda jovem serviu para pagar as mensalidades da faculdade de engenharia elétrica. Até que em 4 de janeiro de 2016, aos 51 anos de idade, Mary foi eleita Presidente do Conselho de Administração da GM.

Premiada e conhecida mundialmente, Mary Barra esteve por dois anos consecutivos ocupando o primeiro lugar da lista das 50 mulheres mais poderosas da revista Fortune.

3. Chanda Kochhar

Kocchar é diretora executiva e CEO do ICICI Bank (Industrial Credit and Investment Corporation of India), o maior banco privado da Índia. Ela é a grande responsável pela formação do sistema bancário de varejo em seu país.

Chanda começou a trabalhar no ICICI como estagiária de gestão em 1984 e permaneceu no Banco até se tornar diretora executiva em 2009.

Sob a liderança desta poderosa mulher, o banco ganhou vários prêmios e é claro que a CEO não podia ficar de fora. Ela também foi premiada e ganhou lugar de destaque em vários rankings de sua área de atuação. O mais recente foi em 2015, quando Chanda foi nomeada como umas das 100 pessoas mais influentes do mundo.

4. Ana Patricia Botín

Ana Botín assumiu a presidência mundial do Grupo Santander em 2014 após a morte de seu pai, Emilio Botín. Ana Patrícia foi indicada por unanimidade pelos acionistas do grupo espanhol. Ao assumir a presidência, ela completou a 4ª geração consecutiva da família à frente do grupo.

Sob sua gestão, o Banco Santander, que pertence ao grupo, foi eleito por três anos a melhor instituição financeira da Espanha. O grupo controla o Banco Santander no Brasil, o maior banco estrangeiro que atua por aqui.

5. Ginni Rometty

Ginni Rometty é a atual presidente e CEO da International Business Machines (IBM), uma empresa norte-americana de Tecnologia da Informação. Ela é a primeira mulher a assumir a presidência da companhia.

Ginni ingressou na IBM em 1981 como engenheira de sistemas, depois de ter trabalhado no General Motors Institute. Ela tornou-se presidente e CEO da empresa em 2011 após a renúncia de Sam Palmisano, que mesmo assim continuou com a posição de Chairman.

A IBM é uma empresa de capital aberto, ou seja, suas ações podem ser negociadas na Bolsa de Valores. O que é uma vantagem, pois ao vender parte de sua estrutura em forma de ações, a empresa pode usar o dinheiro para financiamento interno.

6. Indra K. Nooyi

Indra é Presidente e CEO da Pepsico, uma empresa detentora de 22 marcas que geram cerca de US$ 1 bilhão em vendas anuais. Além disso, a empresa produz alimentos e bebidas conhecidos no mundo todo, com receita líquida anual de mais US$ 60 bilhões.

Nooyi ingressou na instituição após sair da Motorola em 1990 e passou por vários cargos até ser nomeada como CEO em 2006 e como presidente em 2007. Ela dirigiu a estratégia global da empresa e sua reestruturação. Participou também da maior aquisição internacional da história da Pepsico, a Wimm-Bill-Dann.

6. Luiza Trajano

Luiza Helena Trajano é uma das fundadoras e atual presidente do Magazine Luiza, uma das principais empresas do varejo brasileiro. O que começou com apenas uma loja em Franca (SP) em 1957, hoje conta com 736 lojas espalhadas por todo Brasil.

Em 2011, a empresa abriu seu capital e lançou suas ações na Bolsa de Valores, entre março de 2016 e março de 2017, os ativos MGLU3 se valorizaram mais de 900%.

Estes grandes nomes femininos conquistaram seu espaço com louvor e existem vários outros exemplos de mulheres poderosas. Elas chegaram a cargos almejados por muitos. Algumas delas, inclusive começaram de baixo e chegaram ao topo.

Que estas histórias sirvam de inspiração e possam encorajar muitas mulheres a lutar por aquilo que almejam. Se você também sonha em ocupar altos cargos em uma empresa ou até mesmo fundar a sua, saiba que é possível. Mantenha o foco, siga em frente e não desista no primeiro obstáculo!

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Current month ye@r day *

Adicione o email no-reply@blog.meudinheiroweb.com.br aos seus contatos para que as respostas cheguem em sua caixa de entrada