Por que está todo mundo falando sobre Bitcoins?

Por-que-estao-falando-tanto-sobre-Bitcoins

Se você mantém o radar ligado no mercado financeiro, com certeza já ouvir falar de Bitcoins. Esse é um dos assuntos mais comentados do momento. Mas muitas pessoas ainda não conseguiram entender ao certo do que se trata todo este alvoroço.

Para entender mais sobre a moeda virtual que já virou até tema de documentário, descrevemos seu conceito de forma simples e descomplicada, além de esclarecer a dúvida que não quer calar: por que andam falando tanto de Bitcoins?

O que é Bitcoin?

Vamos começar pelo conceito básico. Bitcoin é uma moeda totalmente digital, ou seja, não existe fisicamente assim como as moedas que já estamos acostumados. Diferente do Dólar, Real ou Euro, você não pode guardar Bitcoins no bolso. As moedas ficam armazenadas em uma carteira virtual instalada em seu computador ou celular.

Bitcoins também não possuem fronteiras para a negociação, pois não pertencem a um país ou governo de origem assim como as moedas físicas.

Atualmente é possível pagar serviços e produtos usando Bitcoins. Você também pode trocar a moeda virtual por moedas físicas como o Dólar, por exemplo.

Há quem utilize a moeda como forma de especulação, ou seja, realizando a compra quando ela está em baixa, para vender quando estiver valorizada. O motivo da sua popularidade tem relação com este tipo de operação e você vai descobrir o por que, ainda neste post.

Como ocorrem as negociações de Bitcoins?

Toda negociação de Bitcoins é realizada através da internet, seguindo o conceito peer-to-peer, que em português significa ponto-a-ponto. Isso quer dizer que não há uma instituição financeira que faz a intermediação das operações. Tudo é feito diretamente de uma pessoa para outra.

As moedas ficam armazenadas numa carteira virtual protegida por uma assinatura digital. Dessa forma, todas as transações ficam registradas na Blockchain, a tecnologia base das operações com Bitcoins.

O objetivo da Blockchain é permitir que as transações ocorram de forma segura, sem precisar de uma instituição financeira para intermediar o processo. Apesar de ser uma rede pública, ela permite que cada pessoa acesse apenas suas próprias informações, a outra parte é anônima, o que pode ser uma vantagem, mas também um problema.

É uma vantagem por manter suas informações seguras e uma desvantagem porque isso pode te expor a alguns riscos, como se envolver em negociações ilícitas sem saber.

Como o mercado de Bitcoins não é regulamentado, qualquer problema se torna mais difícil de resolver.

Por que as pessoas estão falando tanto sobre Bitcoins?

Se você está se perguntando por que Bitcoins é o assunto do momento, já descobrirá a resposta.

A moeda virtual sofreu grande valorização desde o seu surgimento. Quem comprou algumas dezenas da moeda há alguns anos, hoje acumula uma grande fortuna.

Em janeiro de 2017, cada Bitcoin custava em torno de US$1.000, ou cerca de R$3.200 na época. Ao final do mês de agosto do mesmo ano, o valor já estava em US$4.200, ou seja, mais de R$13.000.

Muitas pessoas especularam que havia espaço para mais valorização, compraram unidades da moeda e acabaram se dando bem. Está aí o motivo de tanta atenção sobre o mercado de Bitcoins.

Contudo, vale lembrar que bons resultados no passado não garantem bons resultados no futuro. Por isso, é preciso ter grande cautela na hora de comprar moedas virtuais.

Se você tem o perfil menos tolerante ao risco, pode optar por investir em outras modalidades oferecidas pelo mercado de investimentos. Opções que oferecem boas rentabilidades sem abrir mão da segurança não vão faltar. Você pode investir em CDBs, Títulos Públicos, Fundos Imobiliários, Letras de Crédito, Letras de Câmbio, entre outros. É só escolher o título que te atende da melhor maneira e começar a investir.

Um comentário

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Current month ye@r day *

Adicione o email no-reply@blog.meudinheiroweb.com.br aos seus contatos para que as respostas cheguem em sua caixa de entrada